Projetos Associados

A “Céus Estrelados do Brasil” resulta da avaliação de que há muitas pessoas preocupadas com a poluição luminosa no país, efetivamente atuando na conscientização e combate ao problema nos seus diversos impactos (saúde, biodiversidade, economia, aquecimento global, observação do céu noturno). No entanto, é preciso articular e dar visibilidade a estes trabalhos para potencializar o seu alcance.

Neste sentido, a rede se realiza também por meio dos chamados “Projetos Associados”, que aqui são listados. A CEB se propõe a potencializar a divulgação e, sobretudo, espera criar um ambiente propício para o surgimento de novas oportunidades e colaborações para e entre os projetos associados.

Atua em um projeto de pesquisa científica, divulgação científica, ensino formal, elaboração de políticas públicas ou normas técnicas relacionado à poluição luminosa e ao uso sustentável da iluminação artificial? Proponha a associação de seu projeto à CEB através deste formulário.

CÉU PROFUNDO

Resumo do projeto:

Elaboração e execução de atividades de divulgação de astronomia online e offline, incluindo sessões de observação telescópica, oficinas de reconhecimento do céu e de manuseio de telescópios, scripts para automação do software Stellarium em sessões de planetário virtual, formação e capacitação de professores de ensino fundamental e médio, oficinas de processamento de imagens astronômicas e produção de textos e criação de conteúdo digital.


Coordenação do projeto: Wandeclayt Melo (Instituto de Aeronáutica e Espaço)
Equipe do projeto: Natália Palivanas (UNIVAP), Mariella Patti (UNESP/Bauru)
Áreas de atuação: divulgação científica; ensino formal.

www.ceuprofundo.com
e-mail: socialceuprofundo@gmail.com

EXOSS Citizen Science Project

Resumo do projeto:

O projeto EXOSS, é uma organização colaborativa citizen science (ciência cidadã), sem fins lucrativos, atuando em conjunto com diversas instituições científicas, voltada para o estudo de meteoros e bólidos, suas origens, naturezas e caracterização de suas órbitas, unindo profissionais e amadores no conceito PRO-AM. O acrônimo EXOSS pronuncia-se [ézus] ɛzʊs) e o slogan é: Exploring the Southern Sky.


Coordenação do projeto: Marcelo de Cicco

Equipe do projeto: O projeto EXOSS é formado por astrônomos amadores e profissionais associados e comprometidos com a ciência, praticando o conceito de Citizen Science. Sua gestão é feita por um conselho formado pelos associados Eduardo Santiago, Marco Mastria e Luciana Fontes, tendo Marcelo de Cicco como coordenador, sendo estes responsáveis por desenvolver as atividades pertinentes e propostas nas diretrizes.

Os associados EXOSS possuem a proatividade como forte característica pessoal, onde a união forma no grupo o espírito de colaboração, com todos aprendendo e crescendo juntos, respeitando a equipe como um todo e não individualmente. Entendemos que nosso trabalho voluntário pode contribuir com a sociedade, firmando parcerias com instituições públicas e privadas de estudo e pesquisa, para fornecer dados de qualidade através do compromisso com a eficiência na operação da rede.

Nossos Objetivos:
. Registrar meteoros e desenvolver estudos astrométricos e astrofísicos
. Catalogar novos radiantes do hemisfério sul
. Colaborar com instituições de ensino e pesquisas contribuindo com a sociedade
. Incentivar a produção de artigos científicos.

Áreas de atuação: pesquisa acadêmica; divulgação científica.

https://press.exoss.org/projetos
e-mail: oss@exoss.org

Rede Conectivista de Astronomia – ReCoAstro

Resumo do projeto:

O projeto EXOSS, é uma organização colaborativa citizen science (ciência cidadã), sem fins lucrativos, A Rede Conectivista de Astronomia – ReCoAstro tem o objetivo de unir pessoas que desejam aprender e/ou ensinar utilizando o Conectivismo como teoria de aprendizagem. A ReCoAstro surgiu durante a aplicação do primeiro curso conectivista de Astronomia do Brasil, o cMOOC Astronomia Visual, e hoje já possui centenas de participantes do Brasil e de vários outros países como Portugal, México, Moçambique e Angola. Realizamos atividades de conscientização sobre a poluição luminosa durante nossas lives e atividades que são desenvolvidas nos cursos oferecidos e em outros momentos.


Coordenação do projeto: Leandro Donizete Moraes (Universidade Cruzeiro do Sul)

Equipe do projeto:  O objetivo principal da ReCoAstro é aproximar pessoas interessadas em aprender e pessoas interessadas em ensinar. Deste modo, nossa rede possui participantes de diferentes níveis de escolaridade. Também realizamos cursos, capacitações, lives, vídeos e interações em nosso grupo de WhatsApp, do Telegram e do Facebook. Nossa rede está aberta a mais oportunidades de divulgar o conhecimento e conscientizar nossos participantes sobre temas muito importantes como a poluição luminosa. 

Áreas de atuação: divulgação científica; ensino não formal e ensino informal de Astronomia

https://recoastro.blogspot.com
e-mail: recoastro@gmail.com

Mapeamento da Poluição Luminosa em Praia Grande – Fase 2

Resumo do projeto:

Desde o ano de 2017 esse projeto vem sendo desenvolvido no levantamento de Poluição Luminosa – PL, na Baixada Santista, através de um equipamento portátil, “sky quality meter” – SQM.  Além de fornecer um mapeamento dos índices de PL, por meio do softwere QGIS, o projeto também visa apontar possíveis sitios turísticos astronômicos, lugares que as pessoas comuns poderiam apreciar um céu com menos índices de PL próximo de suas casas. Esses lugares poderiam ter um grande potencial turístico para a cidade.  Assim, esse projeto é continuação desse levantamento iniciado na cidade de Santos, São Vicente, Guarujá, Cubatão e agora em Praia Grande. E como objetivos temos: promover a discussão das consequências da PL; contribuir com as organizações sociais que buscam a minimização da PL; fornecer subsídios para políticas públicas; coopera com o projeto Globe at Night.


Coordenação do projeto: Marciel Silva Santos (Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de São Paulo – IFSP)

Equipe do projeto:  Como estudantes egressos: Luiz Gustavo Machado Cruz (USP), Mayumi Liz de Andrade Miyazato (Dartmouth College, Latin A. Leardship Academy – LALA), Maria Vitória Barros Passos (IFSP), Mitsuo Luan de Andrade Miyazato (IFSP) e a bolsista atual, Giovanna da Silva de Oliveira (IFSP).

Áreas de atuação: Pesquisa acadêmica.
e-mail: marcielss@ifsp.edu.br

Astrotrilhas

Resumo do projeto:

A proposta do Astrotrilhas é associar a contemplação da natureza com sua interpretação favorecendo a conexão homem-natureza, explorar os aspectos históricos, geográficos e geológicos dos locais e no período noturno, proporcionar aos participantes o contato direto com os astros. Para isso, escolhemos destinos adequados, longe das luzes das cidades, onde é possível ver, de fato, um céu estrelado. Fazemos uso de um conjunto de acessórios como telescópio e apontador estelar, para oferecer uma experiência completa com a noite estrelada. Além da exploração ecoturística, o projeto tem um forte viés educacional e de divulgação científica: durante as atividades, exploramos a Astronomia para mostrar o valor da pesquisa científica e da interpretação da natureza com o propósito de educação ambiental, chamando a atenção, por exemplo, para os impactos da poluição luminosa e para a necessidade de preservação ambiental.


Coordenação do projeto: Fabíola Anne Balbino Gomes

Equipe do projeto:  Fabíola Gomes: Guia de Turismo especializada em Atrativos Naturais Daniel Mello: colaborador (Astrônomo, doutor em Astrofísica). 

Áreas de atuação: pesquisa acadêmica; divulgação científica; Ecoturismo; Turismo Astronômico; Educação e Interpretação Ambiental.


e-mail: astrotrilhasrj@gmail.com